top of page
Buscar

Isabel Rubio aposta por um programa de triagem "personalizado" para melhorar a sobrevivência

A diretora da Área de Patologia Mamária da Clínica Universidade de Navarra e co-fundadora da AECIMA considera fundamental que os países da União Europeia tenham "um programa de triagem personalizado e adaptado, com base no risco de desenvolver a doença"

A diretora da Área de Patologia Mamária da Clínica Universidade de Navarra e co-fundadora da AECIMA, Isabel Rubio, aposta num programa de triagem "personalizado" para melhorar a sobrevivência ao câncer. Rubio considera crucial que os países da União Europeia tenham "um programa de triagem personalizado e adaptado, com base no risco de desenvolver a doença".


A Dra. Rubio afirma que "tudo o que promova a prevenção e o diagnóstico precoce é positivo e necessário". A Comissão Europeia propôs atualizar suas recomendações sobre câncer de mama pela primeira vez em 20 anos, sugerindo que a detecção seja ampliada para mulheres entre 45 e 74 anos, além de recomendar uma ressonância magnética para pessoas com mamas muito densas. A Dra. Rubio lembra que o câncer de mama também pode afetar os homens e destaca a importância de cuidar do estilo de vida para reduzir o risco de câncer de mama, como praticar esportes, evitar a ingestão de álcool e manter um peso saudável.


A Clínica Universidade de Navarra é o primeiro hospital espanhol a obter a certificação europeia máxima de qualidade em Câncer de Mama.



Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page